quarta-feira, novembro 08, 2006

Diário duma ruiva (sim, que já chega de estupidificar as loiras)

Hoje liguei para o meu filho que está a passar férias no Brasil.
Ele diz que morreu. É triste ficar orfã de filho tão nova. Mas se ele diz que morreu... ele lá sabe. Era um rapaz tão inteligente! Saía ao pai. Neste momento não me lembro se ele era filho do meu Professor de Matemática ou do de Educação Física mas para ser inteligente, devia ser filho do de Matemática.
Queria fazer-lhe um funeral mas ele disse que não valia a pena estar a gastar dinheiro até porque tinha engordado nas férias e o caixão tinha que ser maior e saía caro.

Sem comentários: