quarta-feira, dezembro 18, 2013

Ah e tal... Não sei estrelar um ovo... e ainda não percebi que sou demasiado pobre para ser preguiçosa.

Hoje ouvi uma pérola daquelas que valem a pena partilhar.
A conversa foi mais ou menos assim:
- A minha filha está de férias e ficou sozinha em casa. Há bocado liguei-lhe e mandei-a ir a casa dos avós almoçar.
- Mas a tua filha não sabe fazer qualquer coisa para comer?
- Não! A minha filha nasceu para ser princesa.
- Pois, mas as princesas também comem...

Ah pois é... Os seres humanos têm de se alimentar para sobreviverem. Podem comer pratos congelados, take-away ou ir a restaurantes constantemente mas o colesterol e a banha vão crescer na medida inversa ao dinheirinho na conta. Se calhar não é a opção mais inteligente...
E quão habilidoso é preciso ser, para grelhar um bife ou uma posta de peixe? E enfiar uma carrada de vegetais dentro duma panela com água a ferver? Não é preciso ser um génio nem começar a treinar desde o berço...
Por isso, cada vez que oiço alguém dizer que não sabe cozinhar, eu penso em Darwin. Não penso que a pessoa é tão requintada que nunca pegou numa panela. Penso apenas que a selecção natural se encarregará deles...
Se comer é uma necessidade básica, cozinhar também deveria ser. E não é propriamente lisonjeiro ser incapacitado nessa área...

Sem comentários: