domingo, novembro 23, 2014

E mais Sócrates, só porque sim

Este blog não costuma ter muitos comentários. Mas escrever sobre Sócrates é atear um rastilho. O ex Primeiro-Ministro é das pessoas mais odiadas de todo o sempre.

É raro encontrar alguém a quem Sócrates seja indiferente. Por norma, há sempre uma opinião muito forte e frequentemente essa opinião é negativa... muito negativa.

Lamento mas não partilho esses sentimentos. Também não nutro qualquer sentimento de simpatia pelo homem. Não votei nele tampouco.

Se Sócrates for culpado, obviamente, deve ser punido. Mas não deve ser punido exemplarmente porque a Justiça, conceptualmente, deve ser igual para todos. Se pedimos que a Justiça seja cega para que os poderosos sejam punidos da mesma forma que a população em geral, não podemos pedir que tenha mão mais pesada sobre os poderosos. Sejamos coerentes. Eu sei que peço quase o impossível. Coerência quando se fala de Sócrates é complicado. O ódio tolda a capacidade de pensar racionalmente.



Então tomem lá a opinião duma Senhora que diz tudo isto e muito mais:


A Justiça a que temos direito



De nada!

Sem comentários: